Aprenda a investir na bolsa de valores - Oportunidades Para Todos

Top 5 Posts ⇾

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Aprenda a investir na bolsa de valores

Aprenda a investir na bolsa de valores
Aprenda a investir na bolsa de valores
Não podemos estar em um momento melhor para falar de ações. A bolsa e a e economia brasileira estão com perspectivas boas sobre o futuro, e, assim como eu explico no vídeo sobre debêntures, os indicadores econômicos no Brasil estão ficando cada vez melhores para as empresas.

Aprenda a investir na bolsa de valores

Se é verdade que isso faz com que o mercado de debêntures fique muito bacana, isso também é verdade para o mercado de ações. Mas sim, eu sei. Quando a taxa Selic no Brasil estava mais alta, não parecia haver tanta necessidade em ir para o mercado de ações. Ia quem queria tentar ganhar mais ou quem tinha curiosidade em conhecer.

Hoje, isso está mudando um pouquinho, e até mesmo quem tem pouco dinheiro pensa e se vê na obrigação de entrar na bolsa de valores. Nada mais justo então que eu reservar um vídeo para te ajudar a entender como começar a investir em ações com pouco dinheiro, não é mesmo? hehe.

Como começar a investir em ações com pouco dinheiro! Explicado em 4 passos.

Quem entra na bolsa de valores sem conhecimento nenhum, na grande maioria das vezes termina o dia sem um puto no bolso. Foi o que eu fiz, e foi exatamente o que aconteceu comigo. Mas se não é para começar entrando com tudo, e nem arriscar direto, qual é a forma correta de iniciar o investimento em ações? Te dou alguns passos: Fundo de Emergência Sim primos, fundo de emergência.

A grande realidade é que, ao contrário do que muitos fazem parecer, a bolsa de valores não é um paraíso. O grande primeiro passo para entender o que é investir na bolsa de valores é justamente entender que não se coloca um dinheiro do qual você não está disposto a perder ou simplesmente não pode perder. Se você ganha 1000 reais por mês, sobra 100 reais, e você não tem nada guardado pra lidar com imprevistos, você não pode investir na bolsa de valores. Esse não é o lugar adequado ao seu dinheiro.


Se você fizer isso, o que provavelmente vai acontecer é que você vai precisar do dinheiro, vai ser obrigado a resgatar, e no final você vai liquidar a sua ação num prejuízo. Por isso, se você está na linha de partida, o básico que você precisa fazer é primeiro um investimento na renda fixa, em um investimento com liquidez, para você começar a constituir o seu fundo de emergência.
Lembro que, nesse caso, o recomendado é que se tenha o valor dos seus gastos mensais multiplicados por 12, e multiplicados por 6 caso você seja CLT ou funcionário público, beleza? Fundo de ações Beleza. Aí você ouviu o seu primo aqui e já constituiu o seu fundo de emergência. É chegado o momento de entrar de cabeça em ações? Não exatamente. Há ainda uma opção para quem quer mexer em ações: os fundos em ações. Indices Aí você fala "beleza primo, já passei dessa parte, e agora? Já estou pronto pra entrar na bolsa?" Eu diria que sim, jovem padawan. Mas temos que ir com calma.

O que eu diria para você que está nessa parte intermediária, e até mesmo para quem ainda não entende tão bem mas quer arriscar na bolsa, é que olhe bastante pros fundos de índices. O BOVA11, em especial, é bacana, pois ele tem liquidez e te ajuda, assim como outros fundos de índices, a diversificar o seu investimento, já que a sua composição se dá por mais de 10 ações diferentes de empresas da bovespa. Investindo propriamente em ações Bom, a partir disso, claro, agora você pode pensar na bolsa de valores como um todo, e investir em qualquer empresa que você quiser.

Mas, em minha opinião pessoal, creio que uma pessoa que segue verdadeiramente uma boa carteira de ações quando ela baseia sua carteira pensando em ser sócio das empresas. Eu não acho que trading pode enriquecer, e para mim conceitos como value investing são bem mais interessantes do que fazer trading com ações. Isso não significa, claro, que você não possa seguir o trading. Mas eu acho que vale mais a pena, em primeiro momento, comprar ações de boas empresas, que têm possibilidade de crescerem, e você depois de uma carteira já bem formada nesse sentido, se abrir a algumas possibilidades de tentar fazer trade.

Mas tentar viver de trade, pra mim, é perda de tempo - e dinheiro. E, claro, eu não irei descartar o trading aqui. Farei, posteriormente, justamente alguns vídeos sobre técnicas na análise gráfica que são muito utilizadas para fazer trades. Só digo que, para quem está iniciando, o foco não deve ser o trading, e sim o investimento em empresas prósperas, firmeza? Mas quem vai decidir qual o melhor, no final das contas, é você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário